domingo, 5 de julho de 2015

02-08-2015 - O DIA DO SENHOR - CANTOS E PARTITURAS



Cópias do Folheto "O DIA DO SENHOR" estão postados no final.
(Brochure copies "The Lord's Day" are shown at the end of this posting.)


01 - Deus nos reúne
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou é fiel, é fiel. Fiel é aquele que vos chamou. (bis)





2. Canto Inicial
1 - Nossos corações em festa se revestem de louvor, pois, aqui se manifesta à vontade do
Senhor, que nos quer um povo unido a serviço da missão, animado e destemido por amor e
vocação!
Cristo, Mestre e Senhor pois, eterno é seu amor. Nesta fonte de água viva somos hoje seus convivas.
2 - Nós queremos operários mensageiros do Senhor, que nos façam solidários a serviço do
amor construtores da justiça empenhados na missão contra toda injustiça por amor e vocação!




3-Deus nos fala
Escutemos, hoje e sempre, a Palavra do Senhor.
Ele educa o seu povo na verdade e no amor.




6. Salmo Responsorial (77)
O Senhor deu a comer o pão do céu. (bis)
- Tudo aquilo que ouvimos e aprendemos, e transmitiram para nós os nossos pais, não haveremos de ocultar a nossos filhos, mas à nova geração nós contaremos: as grandezas do Senhor e seu poder.
- Ordenou, então, às nuvens lá dos céus, e as comportas das alturas fez abrir; fez chover-lhes o maná e alimentou-os, e lhes deu para comer o pão do céu.
- O homem se nutriu do pão dos anjos, e mandou-lhes alimento em abundância; conduziu-os para a Terra Prometida, para o Monte que seu braço conquistou.





12. Preces da Comunidade
Ó Senhor, Senhor neste dia, escutai nossa prece.



13. Apresentação dos Dons

Diante do altar, Senhor, entendo minha vocação:
devo sacrificar a vida por meu irmão. (bis)





14. Canto das Oferendas (onde houver celebração da Palavra)
1 - Vidas, alegrias e esperanças se misturam neste altar. Sonhos, luzes, planos e caminhos nos envolvem sem parar.
Ao Senhor da vida, que nos deu a paz, no seu imenso amor nos fez crescer. Hoje agradecemos entoando a voz: muito obrigado, Senhor, nosso Deus!
2 - Cremos que a riqueza desta vida se completa no se dar. Dons de Deus em nós, distribuídos, devem-se multiplicar.
3 - Forças do Senhor que tudo pode, nós queremos receber. Lutas, novos passos, mesmo as quedas, fazem parte do viver.


 
(onde houver celebração Eucarística)
1- O pão e o vinho são os frutos dessa terra e do trabalho que a mão humana empreendeu. Eles contêm toda força e energia. São os dons da natureza criada por Deus.
Bendito seja o Senhor da Criação pelo vinho e pelo pão neste Santo Altar. Por nossa vida a serviço dos irmãos ela é dom, é doação de quem vive para amar.
2 - O pão e o vinho se traduzem em nossa vida. A alegria, o sofrimento ou os frutos seus. Neles estão todo clamor e a esperança. De um mundo novo no projeto do bondoso Deus.
3 - No pão e o vinho está a plena ação de graças. Traduzida em louvor e gratidão. Ao Senhor que nos acolhe e nos envolve. Em sua graça, em seu terno coração.





15. Momento de Louvor 

1 - Este hino de louvor que envolve o meu ser é de gratidão. A bondade do Senhor é tão grande sem confim, veio até a mim.
Glória ao Senhor, glória ao Senhor, Deus Criador. (bis)
2 - Ao Deus Pai que nos criou a ternura filial, Deus é nosso Pai. Jesus Cristo, nosso irmão deu a vida pelos seus, nós somos de Deus.
Glória ao Senhor, glória ao Senhor, Deus Salvador. (bis)
3 - Deus é fonte de amor, santifica o nosso ser, Espírito de amor. Nós, igreja militante, o amor de Deus cantamos, para sempre amém.
Glória ao Senhor, glória ao Senhor, Deus Amor. (bis)






17. Abraço da Paz

1 - Deste altar é que nos vem a paz, tudo de bom que o bom Jesus nos traz... Que bom sorrir! E um coração no coração sentir!
2 - Só ama a Deus quem ao outro quer bem! Feliz quem faz feliz o irmão! Aperte a minha mão, amigo! Conta comigo e com meu coração!




18. Canto de Comunhão 
1 - A mesa tão grande e vazia de amor e de paz - de paz! Onde há o luxo de alguns, alegria
não há - jamais! A mesa da Eucaristia nos quer ensinar - ah, ah! Que a ordem de Deus, nosso Pai é o pão partilhar.
Pão em todas as mesas, da Páscoa a nova certeza, a festa haverá e o povo a cantar aleluia! A festa haverá e o povo a cantar aleluia!
2 - A força da morte, a injustiça e a ganância de ter - de ter! Agindo naqueles que impedem ao pobre viver - viver! Sem terra, trabalho e comida a vida não há - não há! Quem deixa assim e não age a festa não vai celebrar.
3 - Que em todas as mesas de pobre haja festa de pão - de pão! E as mesas dos ricos vazias sem concentração - de pão! Busquemos aqui nesta mesa do Pai redentor - do céu! A força e a esperança que faz todo povo ser povo de Deus!
4 - Bendito o Ressuscitado, Jesus vencedor - ô, ô! No pão partilhado a presença ele nos deixou - deixou! Bendita é a vida nascida de quem se arriscou - ô, ô! Na luta pra ver triunfar neste mundo o amor!




23. Canto final
1 - Como é bonito, Senhor, cada manhã te agradecer. Mais uma vez teu amor vem me
chamar pra viver.
Contigo Pai de amor eu quero caminhar e assim por onde eu for irás me acompanhar.
2 - Como é bonito, Senhor, cada manhã ter o meu pão e desejá-lo também a cada um dos
meus irmãos.
3 - Como é bonito, Senhor, cada manhã recomeçar tendo a certeza e a fé que tua mão
vai me ajudar.