domingo, 26 de junho de 2016

17/07/2016 16º Domingo do Tempo Comum




Ano C - 16º Domingo do Tempo Comum - cor verde - 17/07/2016

DUAS ATITUDES DO DISCÍPULO DE JESUS:

SERVIÇO GENEROSO E ESCUTA ATENTA DA PALAVRA

1.Acolhida

Procuro abrigo nos corações, de porta em

porta desejo entrar. Se alguém me acolhe com

gratidão, faremos juntos a refeição.





2. Canto Inicial

É Deus quem me abriga, o Senhor, quem

sustenta a minha vida! De todo o meu coração,

porque és bom, vou fazer-te a oblação.


1 - Alegrai-vos no Senhor! Quem é bom, venha

louvar! Peguem logo o violão e o pandeiro pra

tocar. Para ele um canto novo vamos, gente,

improvisar.

2 - Ele cumpre o que promete: podem nele

confiar! Ele ama o que é direito e Ele sabe bem

julgar. Sua palavra fez o céu, fez a terra e fez o mar.

3 - Ele faz do mar um açude e governa os oceanos.

Toda a terra a ele teme, mesmo os corações

humanos. Tudo aquilo que ele diz, não nos causa

desenganos.

 
 






3. Saudação a SS. Trindade



Em nome do Pai, em nome do Filho, em nome

do Espírito Santo estamos aqui!

Para louvar e agradecer, bendizer e adorar,

estamos aqui, Senhor, ao teu dispor. Para louvar

e agradecer, bendizer, adorar, te aclamar, Deus

Trino de amor.

 



4. Deus nos Perdoa

- Senhor, que sois a plenitude da verdade e da

graça, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

- Cristo, que sois a verdade que ilumina os povos,

tende piedade de nós.

Cristo, tende piedade de nós.

- Senhor, que sois a vida que renova o mundo,

tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

 



5. Hino do Glória

Glória a Deus! (4x)

1 - Glória a Deus nos altos céus, paz na terra a

seus amados! A vós louvam, Rei celeste, os que

foram libertados.

2 - Deus e Pai, nós vos louvamos, adoramos,

bendizemos; damos glória ao vosso nome, vossos

dons agradecemos.

3 - Senhor nosso, Jesus Cristo, Unigênito do Pai,

Vós, de Deus Cordeiro Santo, nossas culpas perdoai.

4 - Vós que estais junto do Pai, como nosso

intercessor, acolhei nossos pedidos, atendei

nosso clamor.

5 - Vós somente sois o Santo, o Altíssimo, o

Senhor, com o Espírito Divino, de Deus Pai no

esplendor. Amém.

 



6. Apresentação do Livro da Palavra

Pela Palavra de Deus saberemos por onde andar.

Ela é luz e verdade, precisamos acreditar.

 





7. Salmo Responsorial (14)

Senhor, quem morará em vossa casa? (bis)

- É aquele que caminha sem pecado e pratica a

justiça fielmente; que pensa a verdade no seu

íntimo e não solta em calúnias sua língua.

- Que em nada prejudica o seu irmão, nem cobre

de insultos seu vizinho; que não dá valor algum

ao homem ímpio, mas honra os que respeitam

o Senhor.

- Não empresta o seu dinheiro com usura, nem se

deixa subornar contra o inocente. Jamais vacilará

quem vive assim!

 



8. Canto de Aclamação - a escolha

Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia! (bis)

1 - Felizes os que observam a Palavra do Senhor,

de reto coração, e que produzem muitos frutos,

até o fim perseverantes!



9. Preces da Comunidade

Ó Senhor escutai a nossa prece.




10. Canto das Oferendas
 

(Onde houver Celebração da Palavra)

Não se deve dizer: nada posso ofertar; pois as

mãos mais pobres é que mais se abrem para

tudo dar.

1 - O Senhor só deseja que em nós tudo seja

constante, servir quando nada se tem só resta

dizer: Senhor, eis-me aqui!

2 - Alegrias da vida momentos da lida eu posso

ofertar, pois nas mãos do Senhor, um gesto de

amor não se perderá.

 



10. Canto das Oferendas

(Onde houver Celebração Eucarística)

1 - Deus prepara uma mesa farta, rica em

alimentos, plena de beleza. Faz no mundo sua

moradia e enfeita a vida com a natureza.

Bens da terra, frutos do trabalho, neste pão e

vinho, vimos ofertar dons da vida, frutos do

chamado, feitos oferendas, neste santo altar.

Recebe, Senhor! Ô, ô, ô, recebe, Senhor! Recebe

Senhor! Ô, ô, ô, recebe, Senhor!

2 - Deus convida toda a humanidade a fazer

da vida sua vocação. Pois, seu Filho, dom da

santidade é o doador e a doação.

3 - Deus restaura nossas pobres forças quando a

noite chega, sem nada pescar. Lancem rede, em

profundidade e em outros barcos venham navegar.

 





11. Louvação



1 - Vou cantar, entoar um canto novo, vou sair,

chamar o povo pra louvar, Aleluia! Assim toda

criatura, nossa terra, sol e lua vão louvar e cantar.

Se alguém Te louva em silêncio, Tu acolhes, ó

Senhor, sua oração. Se alguém entoa um canto

novo, Tu acolhes, ó Senhor, sua canção. Aleluia!

2 - É feliz, quem em Ti fez a morada, vida nova,

outra casa pra ficar. Aleluia! Tu preparas mesa

farta e alimentas pra jornada dando amor, luz

e paz.

3 - O nascer de uma aurora radiante, vai dourando

a cada instante os trigais. Aleluia! E os pequenos

e sofridos, nos teus braços acolhidos, vão louvar

e cantar.

 



12. Abraço da Paz



Paz, paz, paz, eu te desejo a paz e a luz. (bis) Não

do jeito do mundo, mas do jeito de Jesus. (bis)

Paz, paz, paz, eu te desejo a paz. Luz, luz, luz, eu

te desejo a luz. (bis) Do jeito de Jesus.

 





19. Canto de Comunhão

1 - A mesa tão grande e vazia de amor e de

paz - de paz! Onde há o luxo de alguns, alegria

não há - jamais! A mesa da Eucaristia nos quer

ensinar - ah, ah! Que a ordem de Deus, nosso Pai

é o pão partilhar.

Pão em todas as mesas, da Páscoa a nova

certeza, a festa haverá e o povo a cantar aleluia!

A festa haverá e o povo a cantar aleluia!

2 - A força da morte, a injustiça e a ganância de

ter - de ter! Agindo naqueles que impedem ao

pobre viver - viver! Sem terra, trabalho e comida

a vida não há - não há! Quem deixa assim e não

age a festa não vai celebrar.

3 - Irmãos, companheiros na luta vamos dar as

mãos - as mãos! Na grande corrente do amor,

na feliz comunhão - irmãos! Unindo a peleja e a

certeza vamos construir - aqui! Na terra o projeto

de Deus, todo o povo a sorrir!

4 - Que em todas as mesas de pobre haja festa

de pão - de pão! E as mesas dos ricos vazias

sem concentração - de pão! Busquemos aqui

nesta mesa do Pai redentor - do céu! A força e a

esperança que faz todo povo ser povo de Deus!

5 - Bendito o Ressuscitado, Jesus vencedor - ô, ô! No

pão partilhado a presença ele nos deixou - deixou!

Bendita é a vida nascida de quem se arriscou - ô,

ô! Na luta pra ver triunfar neste mundo o amor!









13. Canto Final
1 - O amor de Deus renova os corações, fala de
paz, reparte sempre o pão, fere o temor, enfrenta
os desafios, me faz dizer: tudo bem, irmão.
2 - O amor de Deus compõe e recompõe,
estende a mão, jamais exclui alguém; frente ao
rancor, se firma no perdão, fazendo ver: eu te
quero bem!