quinta-feira, 18 de junho de 2015

28-06-2015 - A MENSAGEM - CANTOS E PARTITURAS





28/06/2015


SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO
“PEDRO E PAULO RECONHECERAM E TESTEMUNHARAM QUE JESUS É O MESSIAS”



DIA DO PAPA

01-REFRÃO MEDITATIVO

Onde reina amor, fraterno amor. Onde reina amor, Deus aí está.





Deus está aqui, aleluia. Tão certo como o ar que eu respiro. Tão certo como o amanhã que se levanta. Tão certo como eu te falo e podes me ouvir.
Jesus está aqui, aleluia. Tão certo...




02-CANTO INICIAL
Toda a Igreja unida celebra a memória pascal do cordeiro irmanada com Pedro e com Paulo, que seguiram a Cristo por primeiro!

1 - Bendizei, louvai por Pedro, pela fé que professou: essa fé é a rocha firme da Igreja do Senhor.

2 - Bendizei, louvai por Paulo, pelo empenho na missão: o seu zelo do Evangelho leva ao mundo a salvação.

3 - Alegrai-vos neste dia que o martírio iluminou: o triunfo destes santos nos confirme no amor.




CANTO INICIAL(2)

Sou Bom Pastor, ovelhas guardarei não tenho outro ofício nem terei. Quantas vidas eu tiver eu lhes darei.
1 - Maus pastores, num dia de sombra, não cuidaram e o re­banho se perdeu. Vou sair pelo campo, reunir o que é meu; conduzir e salvar.

2 - Verdes prados e belas montanhas hão de ver o Pastor, reba­nho atrás. Junto a mim as ovelhas terão muita paz; poderão descansar.




03-SAUDAÇÃO À SANTÍSSIMA TRINDADE

Em nome do Pai, em nome do Filho, em nome do Espírito Santo estamos aqui!
Para louvar e agradecer, bendizer e adorar, estamos aqui, Se­nhor, ao teu dispor. Para louvar e agradecer, bendizer, adorar, te aclamar, Deus Trino de amor.




04-CANTO DE PERDÃO
1 - Senhor, tende piedade dos corações arrependidos.

Tende piedade de nós, tende piedade de nós! (bis)

2 - Jesus, tende piedade dos pecadores, tão humilhados!

3 - Senhor, tende piedade intercedendo por nós ao Pai!




05-HINO DO GLÓRIA-

Glória, glória, glória, aleluia! (bis) Glória, glória, glória, a Deus nos altos céus, paz na terra a todos nós!
1 - Deus e Pai nós vos louvamos (glória a Deus), adoramos, bendizemos (glória a Deus), damos glória ao vosso nome (glória a Deus), vossos dons agradecemos!
2 - Senhor nosso, Jesus Cristo (glória a Deus), unigênito do Pai (glória a Deus), vós de Deus, Cordeiro Santo (glória a Deus), nossas culpas perdoai!
3 - Vós que estais junto do Pai (aleluia), como nosso intercessor (aleluia). Acolhei nossos pedidos (aleluia), atendei nosso clamor.
4 - Vós somente sois o Santo (glória a Deus), o Altíssimo Senhor (glória a Deus). Com o Espírito Divino (aleluia), de Deus Pai no esplendor.





LITURGIA DA PALAVRA

06-APRESENTAÇÃO DO LIVRO DA PALAVRA


Tua Palavra é lâmpada para os meus pés, Senhor (2x) Lâmpada para Os meus pés e luz ,luz para o meu caminho!




07-PRIMEIRA LEITURA
1ª Leitura - At 12,1-11
Leitura dos Atos dos Apóstolos 12,1-11
Naqueles dias,
1o rei Herodes
prendeu alguns membros da Igreja, para torturá-los.
2Mandou matar à espada Tiago, irmão de João.
3E, vendo que isso agradava aos judeus,
mandou também prender a Pedro.
Eram os dias dos Pães ázimos.
Depois de prender Pedro,
Herodes colocou-o na prisão,
guardado por quatro grupos de soldados,
com quatro soldados cada um.
Herodes tinha a intenção de apresentá-lo ao povo,
depois da festa da Páscoa.
5Enquanto Pedro era mantido na prisão,
a Igreja rezava continuamente a Deus por ele.
6Herodes estava para apresentá-lo.
Naquela mesma noite,
Pedro dormia entre dois soldados,
preso com duas correntes;
e os guardas vigiavam a porta da prisão.
7Eis que apareceu o anjo do Senhor
e uma luz iluminou a cela.
O anjo tocou o ombro de Pedro, acordou-o e disse:
"Levanta-te depressa!"
As corrrentes caíram-lhe das mãos.
8O anjo continuou:
"Coloca o cinto e calça tuas sandálias!"
Pedro obedeceu e o anjo lhe disse:
"Põe tua capa e vem comigo!"
9Pedro acompanhou-o, e não sabia que era realidade
o que estava acontecendo por meio do anjo,
pois pensava que aquilo era uma visão.
10Depois de passarem pela primeira e segunda guarda,
chegaram ao portão de ferro que dava para a cidade.
O portão abriu-se sozinho. Eles saíram,
caminharam por uma rua e logo depois o anjo o deixou.
11Então Pedro caiu em si e disse:
"Agora sei, de fato, que o Senhor enviou o seu anjo
para me libertar do poder de Herodes
e de tudo o que o povo judeu esperava!"


08- SALMO
(Cfe. disposto no Sitio da CNBB -> 
http://liturgiadiaria.cnbb.org.br/app/user/user/UserView.php?ano=2015&mes=6&dia=28)


Sl 33(34),2-3.4-5.6-7.8-9 (R. 5)

R.De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

2Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, *
seu louvor estará sempre em minha boca.
3Minha alma se gloria no Senhor; *
que ouçam os humildes e se alegrem! R.

4Comigo engrandecei ao Senhor Deus, *
exaltemos todos juntos o seu nome!
5Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, *
e de todos os temores me livrou. R.

6Contemplai a sua face e alegrai-vos, *
e vosso rosto não se cubra de vergonha!
7Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, *
e o Senhor o libertou de toda angústia. R.

8O anjo do Senhor vem acampar *
ao redor dos que o temem, e os salva.
9Provai e vede quão suave é o Senhor! *
Feliz o homem que tem nele o seu refúgio! R.





09-SEGUNDA LEITURA

2ª Leitura - 2Tm 4,6-8.17-18
Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo 4,6-8.17-18
Caríssimo:
6Quanto a mim,
eu já estou para ser derramado em sacrifício;
aproxima-se o momento de minha partida.
7Combati o bom combate,
completei a corrida, guardei a fé.
8Agora está reservada para mim a coroa da justiça,
que o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia;
e não somente a mim,
mas também a todos que esperam com amor
a sua manifestação gloriosa.
17Mas o Senhor esteve a meu lado e me deu forças;
ele fez com que a mensagem
fosse anunciada por mim integralmente,
e ouvida por todas as nações;
e eu fui libertado da boca do leão.
18O Senhor me libertará de todo mal
e me salvará para o seu Reino celeste.
A ele a glória, pelos séculos dos séculos! Amém.



10-ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
Aleluia, Aleluia! Tu és Pedro, Aleluia! Aleluia, Aleluia! Tu és Pedro, Aleluia!

1 - És a rocha viva, Cristo te escolheu. Quando a Simão Pedro disse: “Eu te darei do meu Reino as chaves - eis a minha Igreja, sobre esta pedra edificarei!”




Evangelho - Mt 16,13-19
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 16,13-19
Naquele tempo:
13Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe
e ali perguntou aos seus discípulos:
"Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?"
14Eles responderam:
"Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias;
Outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas".
15Então Jesus lhes perguntou:
"E vós, quem dizeis que eu sou?"
16Simão Pedro respondeu:
"Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo".
17Respondendo, Jesus lhe disse:
"Feliz es tu, Simão, filho de Jonas,
porque não foi um ser humano que te revelou isso,
mas o meu Pai que está no céu.
18Por isso eu te digo que tu és Pedro,
e sobre esta pedra construirei a minha Igreja,
e o poder do inferno nunca poderá vencê-la.
19Eu te darei as chaves do Reino dos Céus:
tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus;
tudo o que tu desligares na terra
será desligado nos céus"


11-LADAINHA DE SÃO PEDRO
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, compadecei-vos de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Pai Celestial, que sois Deus, tende misericórdia de nós.
Filho, Redentor do mundo, que sois Deus,
Espírito Santo, que sois Deus,
Trindade Santíssima, que sois um só Deus.

-Santa Maria, Rainha dos Apóstolos, rogai por nós.
São Pedro e São Paulo, Apóstolos de Jesus,
São Pedro e São Paulo, mártires da fé,
São Pedro e São Paulo, colunas da Igreja.

-São Pedro, chefe do colégio dos Apóstolos, rogai por nós.
São Pedro, sinal da unidade na fé cristã,
São Pedro, primeiro Papa da Igreja,
São Pedro, patrono universal da Igreja.

-São Pedro, exemplo de humildade, rogai por nós.
São Pedro, lição de paciência no sofrimento,
São Pedro, intercessor dos pescadores,
São Paulo, grande evangelizador da Igreja.

Rogai por nós, São Pedro e São Paulo.
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.


(Não foi disponibilizado material de aprendizagem)


12-CANTO DAS OFERENDAS

1 - Venho, Senhor, oferecer com esse vinho e esse pão tudo o que existe em meu ser, tudo o que há em meu coração.
2 - Vejo agora em Teu altar, essa oferta de amor, quero também te consagrar toda a minha vida, Senhor!
3 - E quando este pão for levantado e junto com o vinho con­sagrado, também as minhas mãos a Ti levantarei... Entoarei louvores ao meu Rei!




CANTO DAS OFERENDAS (2)

Meu coração é para Ti, Senhor. (3x) Meu coração é para Ti.
1 - Porque Tu me deste a vida, porque Tu me deste o existir, porque Tu me deste o caminho, me deste o amor.
2 - Pão e vinho são para Ti Senhor...A minha vida é para Ti. Meu coração é para Ti...




13-SANTO
Santo, santo, santo, Senhor Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória ! Hosana nas alturas, hosana!(2x)
Bendito aquele que vem em nome do senhor (2x)Hosana...





14-ABRAÇO DA PAZ

Quero te dar a paz do meu Senhor com muito amor. (bis)
1 - Na flor vejo manifestar o poder da criação. Nos teus lábios eu vejo estar o sorriso de um irmão. Toda vez que te abraço e aperto a sua mão, sinto forte o poder do amor dentro do meu coração.





15-CORDEIRO DE DEUS
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo Tende piedade,tende piedade,tende piedade ,piedade  de nós! (2x)
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz ,dai-nos a paz,dai-nos a paz Senhor, a vossa paz!





16-CANTO DE COMUNHÃO
Tua Igreja é um corpo, cada membro é diferente, e há no corpo, certamente, coração, ó meu Senhor. Dele nasce a caridade, dom maior, mais importante. Nele, enfim, achei radiante minha vocação: o amor.

1 - Que loucura não fizeste vindo ao mundo nos salvar! E depois que tu morreste ficas vivo neste altar!

2 - Os teus santos compreenderam teu amor sem dimensão: que loucuras cometeram em sua própria vocação!

3 - Quero ser um missionário até quando o sol der luz. Dá-me por itinerário toda terra, ó Jesus!
4 - O martírio, eis meu sonho: dar-te o sangue de uma vez! A mil mortes me disponho, sofrerei com intrepidez.

5 - Tantas vocações sentindo, que alegria meu Senhor. Alegrei-me descobrindo, minha vocação, o amor.






CANTO DE COMUNHÃO(2)


1 - É bom estarmos juntos à mesa do Senhor e, unidos na alegria, partir o pão do amor.
Na vida caminha quem come deste pão; não anda sozinho quem vive em comunhão.
2 - Embora sendo muitos, é um o nosso Deus. Com Ele vamos juntos, seguindo os passos seus.
3 - Formamos a Igreja, o Corpo do Senhor; que em nós o mundo veja a luz do seu amor.
4 - Foi Deus quem deu outrora ao povo o pão do céu; porém nos dá agora o próprio Filho seu.
5 - Será bem mais profundo o encontro, a comunhão, se formos para o mundo sinal de salvação.
6 - A nossa Eucaristia ajude a sustentar quem quer no dia a dia o amor testemunhar.





17-CANTO FINAL

1 - Vou cantar, entoar um canto novo, vou sair, chamar o povo pra louvar, Aleluia! Assim toda criatura, nossa terra, sol e lua vão louvar e cantar.
Se alguém Te louva em silêncio, Tu acolhes, ó Senhor, sua oração. Se alguém entoa um canto novo, Tu acolhes, ó Se­nhor, sua canção. Aleluia!

2 - É feliz, quem em Ti fez a morada, vida nova, outra casa pra ficar. Aleluia! Tu preparas mesa farta e alimentas pra jornada dando amor, luz e paz





REFLEXÃO

Na solenidade de hoje, desde as suas origens, a Igreja celebra os “apóstolos Pedro e Paulo como colunas mestras”, na diversidade de seu carisma e serviço. Em uma só festa, privilegia a personalidade de Pedro, integrando a figura de Paulo e do Papa Francisco. A celebração conjunta de Pedro e de Paulo indica a natureza da Igreja: Sacramento de Comunhão. Os dois apóstolos foram as primeiras e exemplares testemunhas dessa recíproca unidade. Pedro e Paulo têm dons diferentes e um estilo de atuação próprio e diverso, que chegou a provocar conflitos. Ao contemplarmos os últimos sucessores de Pedro, observamos que o Espírito de Deus os elegeu com dons diversos e adaptados às necessidade de cada época. A base sólida sobre a qual está edificada a Igreja é Jesus Cristo, morto e ressuscitado. É Pedro e, hoje, o Papa Francisco. A Igreja, santa e pecadora, não é uma associação humana. Ela foi edificada por Jesus Cristo. Por essa razão, as forças do mal não prevalecerão contra ela. Ela é pecadora pelo fato de se constituir de pessoas humanas. É santa por estar edificada sobre a rocha que é Cristo e animada pelo Espírito Santo. Tornar-se-á ainda mais santa, à medida que buscarmos o caminho da santidade. O próprio Mestre não escolheu pessoas perfeitas, mas depositou confiança nos pescadores Pedro, André, Tiago, João e outros.
Com eles deu início à propagação da Boa-Nova do Reino e sobre eles edificou a Igreja. Hoje, iluminados pelo testemunho dos apóstolos, como discípulos missionários do Senhor, somos convidados a dar continuidade à missão de Jesus, confiando na graça de Deus e evitando tudo o que possa prejudicar a comunhão da Igreja. Os Evangelhos apresentam o apóstolo Pedro como modelo de discípulo e seguidor de Jesus. Um homem sempre em busca do conhecimento da vontade do Pai. Pedro é frágil na tentação, nega por três vezes conhecer seu Mestre. Ao mesmo tempo, é resoluto e sincero no arrependimento: “E caindo em si, chorou amargamente” (Mt 26,75). É com “esses Pedros” que Jesus continua construindo comunidades de fé, sinais do Reino. Jesus constituiu a primeira comunidade (o grupo dos doze) a partir dos pequenos e simples, revelando, mais uma vez, que Deus serve-se de poucos e fracos para realizar a história da salvação. Assim como escolhe os pequenos e simples, os transforma em grandes figuras para, por seus gestos e palavras, apontarem os rumos e abrirem os caminhos da história.



Leituras da Semana
2a feira: Gn 18,16-33; Sl 102; Mt 8,18-22
3a feira: Gn 19,15-29; Sl 25; Mt 8,23-27
4a feira: Gn 21,5.8-20; Sl 33; Mt 8,28-34
5a feira: Gn 22,1-19; Sl 114; Mt 9,1-8
6a feira: Ef 2,19-22; Sl 116; Jo 20,24-29
Sábado: Gn 27,1-5.15-29; Sl 134; Mt 9,14-17
Domingo: Ez 2,2-5; Sl 122; 2Cor 12,7-10; Mc 6,1-6