segunda-feira, 8 de junho de 2015

21-06-2015 - A MENSAGEM - CANTOS E PARTITURAS





21-06-2015


12º Domingo do Tempo Comum - cor verde
O REINO DE DEUS ACONTECE APESAR DAS TEMPESTADES DA VIDA.

01-REFRÃO MEDITATIVO
Eu sei, eu sei, eu sei, em quem eu acreditei, eu sei, eu sei , em quem Acreditei!



02-CANTO INICIAL
1 - Somos gente da esperança que caminha rumo ao Pai. Somos povo da Aliança que já sabe aonde vai.

De mãos dadas a caminho, porque juntos somos mais, pra cantar o novo hino de unidade, amor e paz.

2 - Para que o mundo creia na justiça e no amor, formaremos um só povo, num só Deus, um só Pastor.



03-CANTO DE PERDÃO(SOMENTE O Refrão é cantado)
- Senhor, pelas vezes em que nos deixamos abater por dificuldades e não confiamos no vosso amor, nós vos pedimos perdão.

Por nossas faltas de fé e de amor, piedade, piedade, Senhor! (bis)

- Cristo, pelas vezes em que nossa comunidade fraquejou no anúncio da vossa Palavra, nós vos pedimos perdão.

- Senhor, pelas vezes em que não somos testemunhas vivas de fé para os nossos irmãos, que ignoram Maria, como a Mãe de Jesus e nossa, nós vos pedimos perdão.



04-HINO DO GLÓRIA
Glória a Deus lá nos céus, e paz na terra aos seus! (bis) 
1 - Glória a Deus nos altos céus, paz na terra a seus amados! A Vós louvam, Rei Celeste, os que foram libertados! 
2 - Deus e Pai, nós vos louvamos, adoramos, bendizemos; damos glória ao vosso nome, vossos dons agradecemos! 
3 - Senhor nosso, Jesus Cristo, unigênito do Pai, Vós, de Deus Cordeiro Santo, nossas culpas perdoai! 
4 - Vós que estais junto do Pai como nosso intercessor, acolhei nossos pedidos, atendei nosso clamor. 
5 - Vós somente sois o Santo, o Altíssimo, o Senhor, com o Espírito Divino, de Deus Pai no esplendor!





-LITURGIA DA PALAVRA
05-APRESENTAÇÃO DO LIVRO DA PALAVRA
Louvarei a Deus, seu nome bendirei! Louvarei a Deus ,sua palavra nos conduz!(2x)

(atenção: a partitura abaixo foi editada.
Corrigir:  Louvarei a Deus, seu nome BENDIZENDO --trocar para BENDIREI
Corrigir:  Louvarei a Deus, A VIDA NOS CONDUZ    -- trocar para SUA PALAVRA NOS CONDUZ.)

O TOM DA PARTITURA ABAIXO É RE MENOR (Dm)



06-PRIMEIRA LEITURA
1ª Leitura - Jó 38,1.8-11

Leitura do Livro de Jó 38,1.8-11

1O Senhor respondeu a Jó,
do meio da tempestade, e disse:
8Quem fechou o mar com portas,
quando ele jorrou com ímpeto do seio materno,
9quando eu lhe dava nuvens por vestes
e névoas espessas por faixas;
10quando marquei seus limites
e coloquei portas e trancas,
11e disse: 'Até aqui chegarás, e não além;
aqui cessa a arrogância de tuas ondas?`


07-SALMO RESPONSORIAL(106)
Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom, porque 
eterna é a sua misericórdia! (bis)

- Os que sulcam o alto-mar com seus navios, para 
ir comerciar nas grandes águas, testemunharam 
os prodígios do Senhor e as suas maravilhas no 
alto-mar.

- Ele ordenou, e levantou-se o furacão, 
arremessando grandes ondas para o alto; aos 
céus subiam e desciam aos abismos, seus 
corações desfaleciam de pavor.

- Mas gritaram ao Senhor na aflição, e Ele os libertou 
daquela angústia. Transformou a tempestade em 
bonança, e as ondas do oceano se calaram.

- Alegraram-se ao ver o mar tranquilo, e ao porto 
desejado os conduziu. Agradeçam ao Senhor por 
seu amor e por suas maravilhas entre os homens!




08-SEGUNDA LEITURA
2ª Leitura - 2Cor 5,14-17

Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 5,14-17

Irmãos:
14O amor de Cristo nos pressiona,
pois julgamos que um só morreu por todos,
e que, logo, todos morreram.
15De fato, Cristo morreu por todos,
para que os vivos não vivam mais para si mesmos,
mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.
16Assim, doravante, não conhecemos ninguém
conforme a natureza humana.
E, se uma vez conhecemos Cristo segundo a carne,
agora já não o conhecemos assim.
17Portanto, se alguém está em Cristo,
é uma criatura nova.
O mundo velho desapareceu.
Tudo agora é novo.


09-ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
Aleluia, aleluia, aleluia. (bis)
1 - Um grande profeta surgiu/, surgiu e entre nós se mostrou/, é Deus que seu povo visita/, seu povo, meu Deus visitou.

(MELODIA -> A escolha!)



Evangelho - Mc 4,35-41

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 4,35-41

35Naquele dia, ao cair da tarde,
Jesus disse a seus discípulos:
'Vamos para a outra margem!'
36Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo,
assim como estava na barca.
Havia ainda outras barcas com ele.
37Começou a soprar uma ventania muito forte
e as ondas se lançavam dentro da barca,
de modo que a barca já começava a se encher.
38Jesus estava na parte de trás,
dormindo sobre um travesseiro.
Os discípulos o acordaram e disseram:
'Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?'
39Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar:
'Silêncio! Cala-te!'
O ventou cessou e houve uma grande calmaria.
40Então Jesus perguntou aos discípulos:
'Por que sois tão medrosos?
Ainda não tendes fé?'
41Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros:
'Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?'



10-RESPOSTA ÀS PRECES
Escutai nossa prece , Senhor!  Sobre nós derramai vosso amor!

ATENÇÃO: na partitura está escrito "Acolhei nossa prece...". Substituir por "Escutai nossa prece..."





11-CANTO DAS OFERENDAS
1 - Senhor, vos ofertamos, em súplice oração, o cálice com vinho, e na patena o pão. 
2 - O pão vai converter-se na carne de Jesus. E o vinho será o sangue, que derramou na cruz. 
3 - Senhor, vos damos tudo; nosso pesar e gozo, nossa alegria e dores, trabalhos e repouso. 
4 - Amigos e parentes os vivos e os defuntos em torno à vossa mesa, estamos sempre juntos. 
5 - A voz do sacerdote que é nossa voz nos dá a hóstia viva que somos todos nós.





12-SANTO
Santo, santo, santo, Senhor Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória ! Hosana nas alturas, hosana!(2x)
Bendito aquele que vem em nome do senhor (2x)Hosana...





13-ABRAÇO DA PAZ
Onde há dúvida que eu leve a fé, onde há ódio que eu leve o amor, onde há ofensa que eu leve o perdão, onde há dis­córdia que eu leve a união. Onde houver erro que eu leve a verdade, onde houver desespero que eu leve a esperança, onde houver treva que eu leve a luz, onde houver tristeza que eu leve alegria. 
Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz. (3x)
(Oração de São Francisco ----Pe. Marcelo)





14-CORDEIRO DE DEUS
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo Tende piedade,tende piedade,tende piedade ,piedade  de nós! (2x)
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz ,dai-nos a paz,dai-nos a paz Senhor, a vossa paz!
(Melodia a escolha)

15-CANTO DA COMUNHÃO

O Pão Sagrado que agora recebemos, vai nos dar força para a gente caminhar, no compromisso de formar comunidade, onde o amor e a justiça vâo reinar
1 - Foi Jesus Cristo que se fez nosso alimento, na comunhão, o sacramento do amor. Nós vamos juntos sustentar a nossa vida na caminhada para o Reino do Senhor.
2 - Foi Jesus Cristo que aqui nos reuniu, todo este povo escutou a sua voz. Com sua graça Ele vai nos ajudar a combater o mal que existe entre nós. 
3-- Foi Jesus Cristo quem falou aos seus amigos: “vão pelo mundo ensinar o que Eu falei; vão praticando, vão mostrando com a vida o mandamento do amor, a nova Lei”.




CANTO DE COMUNHÃO(2)
1 - Todo aquele que comer do meu corpo que é doado, todo aquele que beber do meu sangue derramado, e crê nas minhas palavras que são plenas de vida, nunca mais sentirá fome e nem sede em sua lida. 
Eis que sou o pão da vida, eis que sou o pão do céu; faço-me vossa comida, eu sou mais que leite e mel. 
2 - O meu Corpo e o meu Sangue são sublimes alimentos do fraco indigente é vigor, do faminto é o sustento. Do aflito é consolo, do enfermo é a unção, do pequeno e excluído, rocha viva e proteção. 
3 - Eu sou o caminho, a vida, água viva e a verdade, sou a paz e a luz do mundo, sou a própria liberdade. Sou a Palavra do Pai que entre vós habitou, para que vós habiteis na Trindade onde estou. 
4 - Eu sou a Palavra viva que sai da boca de Deus, sou a lâm­pada para guiar vossos passos, irmãos meus. Sou o rio, eu sou a ponte, sou a brisa que afaga, sou a água, sou a fonte, fogo que não se apaga.



CANTO DE COMUNHÃO(3)
Uma noite de suor, sobre o barco em alto mar, O céu começa a clarear. A tua rede está vazia,mas a voz que te chama Te mostrará um outro mar. E sobre muitos corações A tua rede lançará.
Doa a tua vida como Maria aos pés da cruz E serás... Servo de cada homem Servo por amor, sacerdote da humanidade.
Caminhavas no silêncio, esperando além da dor Que a semente que tu lançavas Num bom terreno germinasse Mas o coração exulta, Porque o campo já está dourado O grão maduro pelo sol No celeiro pode entrar.
Doa a tua vida, como Maria aos pés da cruz E serás... Servo de cada homem Servo por amor, sacerdote da humanidade... (2x)





16-Oração de Nossa Senhora da Saúde.

Ó Mãe querida, Nossa Senhora da Saúde, aqui 
estamos diante de tua imagem milagrosa. 
Agradecemos e louvamos a Deus Pai que te 
preservou, pela ação do Divino Espírito Santo, 
de toda a mancha de pecado para seres a 
Mãe de Jesus, nosso Senhor e Salvador, saúde 
plena de toda a humanidade. Volve teu olhar 
de compaixão e carinho sobre nós, teus filhos, 
que sentimos, no corpo e na alma, o peso de 
tantas enfermidades. Ensina-nos a unir nossos 
sofrimentos aos de Jesus, percorrendo contigo
o caminho da santidade, lutando juntos na 
construção de uma sociedade onde reine, 
para todos, saúde, alegria, fraternidade e paz. 
Confiantes no poder de tua intercessão junto 
a Deus depositamos em teu coração de Mãe a 
saúde nossa e a de todos nossos irmãos e irmãs. 
(pausa para intenções particulares) Ajuda-nos a afastar 
de nossas famílias e da sociedade a desunião, a 
corrupção, as drogas e a violência. Fortalece a 
fé, a esperança e a caridade de nossa Igreja e 
concede-nos, ó Mãe, a alegria de estarmos, um 
dia, todos juntos, contigo, no Céu. Amém.


17-CANTO FINAL
Nossa Senhora da Saúde, rogue por nós ao bondoso Senhor. Nossa Senhora da Saúde seja na dor, esperança e amor. 

1 - Vem trazer-nos, oh Mãe paz no coração. Um sorriso àqueles que sofrem, segure em tuas mãos. Que o teu manto Senhora, se estenda em nós. Dai-nos saúde no corpo e na alma, rogai por nós. (bis)
(sem material de aprendizagem disponibilizado)

REFLEXÃO

A pergunta fundamental do Evangelho de Marcos é: Quem é Jesus? Conhecê-Lo requer um processo de aprofundar-se em seu mistério, ouvindo sua Palavra e contemplando a sua ação. No livro de Jó “O Senhor respondeu-lhe do meio da tempestade.” Como em outras situações referidas na Bíblia, Deus manifesta-se aos homens em meio à tempestade, ou seja, ele nos fala nos momentos mais difíceis, dos grandes desafios que nos levam, muitas vezes, a fraquejar na fé e na esperança. É aí que Deus mostra seu poder e sua fidelidade. O Salmo é ação de graças. Com tempestade em alto-mar, Deus manifesta suas maravilhas de dois modos:através da tempestade e depois acalmando-a, transformando-a em brisa leve. Na Carta aos Coríntios, o apóstolo Paulo expressa um forte ensinamento: “Cristo morreu por todos, para que os vivos não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” Paulo faz um chamamento para que abracemos uma vida nova em Cristo, pois se “alguém está em Cristo, é uma criatura nova.” Jesus veio anunciar um mundo novo, divino reino de amor, paz e justiça. Somos chamados a sermos seus discípulos missionários. O Evangelho nos apresenta um teste pessoal e comunitário da fé e da coragem de quem segue Jesus na hora dos conflitos. É toda a comunidade que se encontra em alto-mar, batida pelo furacão. A palavra e ação de Jesus enfrentam os poderes adversos (mar, diabo, doença, morte...) e manifestam o Reino de Deus. A prática de Cristo provoca duas reações: a fé que faz compreender o mistério revelado e a rejeição de quem não aceita as consequências do Seu seguimento. Jesus é alguém a quem precisamos aderir plenamente, como condição única para realizar a travessia, a mudança de uma margem à outra, a verdadeira conversão. Só quem adere plenamente poderá reconhecê-Lo como Filho de Deus. Assumir seu projeto muda nosso modo de agir, nos faz passar para a outra margem. Passamos a considerar as pessoas e fatos à luz da vida nova que Cristo trouxe a fim de fazer novas coisas. Como nossas comunidades estão se comportando diante das impetuosas tempestades do dia a dia? Como está a nossa fé?


Leituras da Semana
2a feira: Gn 12,1-9; Sl 32; Mt 7,1-5
3a feira: Jr 1,4-10; Sl 70; 1Pd 1,8-12; Lc 1,5-17
4a feira: Is 49,1-6; Sl 138; At 13,22-26; Lc 1,57-66.80
5a feira: Gn 16,1-12.15-16; Sl 105; Mt 7,21-29
6a feira: Gn 17,1.9-10.15-22; Sl 127; Mt 8,1-4
Sábado: At 3,1-10; Sl 18; Gl 1,11-20; Jo 21,15-19
Domingo: At 12,1-11; Sl 33; 2Tm 4,6-8.17-18; Mt 16,13-19