domingo, 3 de janeiro de 2016

24-01-2016- 3º DTC -






Ano C - XXVI - No 1554 - 3º Domingo do Tempo Comum - cor verde - 24/01/2016
“O ESPÍRITO DO SENHOR ME CONSAGROU,
PARA ANUNCIAR A BOA-NOVA AOS POBRES.”



01 – Acolhida

O Espírito do Senhor repousa sobre mim o Espírito do Senhor me escolheu, me enviou.


2. Canto Inicial

Canto novo ao Senhor que é Deus canta, agora, ó terra inteira! No seu santo templo brilham majestade e beleza.
1 - Venham todos, com alegria, aclamar nosso Senhor, caminhando ao seu encontro, proclamando seu louvor. Ele é o Rei dos reis e dos deuses o maior.
2 - Tudo é dele: abismos, montes, mar e terra ele formou. De joelhos adoremos este Deus que nos criou, pois nós somos seu rebanho e ele é nosso Pastor.
3 - Glória ao Pai que nos acolhe e a seu Filho Salvador. Igualmente, demos glória ao Espírito de amor. Hoje e sempre, eternamente, cantaremos seu louvor.



3.Rito do Perdão

1 - Confesso a Deus, Pai todo-poderoso, e a vós, irmãos, confesso que pequei, por pensamentos, palavras, atos e omissões, por minha culpa, tão grande culpa.
Piedade, Senhor, piedade, Senhor, piedade de nós!
2 - E peço à Virgem Maria, aos santos e anjos, e a vós, irmãos, eu peço que rogueis a Deus, que é Pai poderoso, para perdoar a minha culpa, tão grande culpa.


4. Hino do Glória

Glória, glória, glória, aleluia! (bis) Glória, glória, glória, a Deus nos altos céus, paz na terra a todos nós!
1 - Deus e Pai nós vos louvamos (glória a Deus), adoramos, bendizemos (glória a Deus), damos glória ao vosso nome (glória a Deus), vossos dons agradecemos!
2 - Senhor nosso, Jesus Cristo (glória a Deus), unigênito do Pai (glória a Deus), vós de Deus, Cordeiro Santo (glória a Deus), nossas culpas perdoai!
3 - Vós que estais junto do Pai (glória a Deus), como nosso intercessor (glória a Deus). Acolhei nossos pedidos (glória a Deus), atendei nosso clamor.
4 - Vós somente sois o Santo (glória a Deus), o Altíssimo Senhor (glória a Deus). Com o Espírito Divino (glória a Deus), de Deus Pai no esplendor.


5.Acolhida do Livro da Palavra

Guarda a Palavra, guarda-a no coração: que ela entre em tua alma, e penetre os sentimentos!
Busca, noite e dia, a luz, o amor de Deus: se guardares a Palavra, ela te guardará!



7. Salmo Responsorial Sl 18,8.9.10.15 (R. Jo 6,63c)


R.Vossa Lei é perfeita, ó Senhor,
vossas palavras são espírito e vida!

8A lei do Senhor Deus é perfeita,*
conforto para a alma!
O testemunho do Senhor é fiel,*
sabedoria dos humildes. R.
9Os preceitos do Senhor são precisos,*
alegria ao coração.
O mandamento do Senhor é brilhante,*
para os olhos é uma luz. R.

10É puro o temor do Senhor,*
imutável para sempre.
Os julgamentos do Senhor são corretos*
e justos igualmente. R.



8. Canto de Aclamação

Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia! (bis)
1 - Foi o Senhor quem me mandou, boas notícias anunciar; ao pobre, a quem está no cativeiro, libertação eu vou proclamar!


9. Após a Partilha da Palavra


O Espírito do Senhor repousa sobre mim o Espírito do Senhor me escolheu, me enviou. (bis)
1 - Para dilatar o seu Reino entre as nações, para anunciar a Boa-Nova a seus pobres, para proclamar a alegria e a paz, exulto de alegria em Deus meu Salvador.

(Partitura: vide o número 01, acima)


10. Apresentação dos Dons

(Este momento é próprio para Celebração da Palavra. Duas pessoas proclamam, alternadamente, e a cada invocação abaixo a assembleia responde: O Espírito do Senhor está sobre nós!)
- Ele nos consagrou para anunciar o Evangelho a todo povo.
- Ele nos enviou para anunciar em todos os ambientes que vivemos um tempo novo!
- Ele nos consagrou para consolar os aflitos e os que choram.
- Ele nos enviou para acolher os que sofrem: mendigos, peregrinos, doentes, abandonados.
- Ele nos consagrou para testemunhar a justiça e a verdade.
- Ele nos enviou para anunciar aos encarcerados a liberdade.
- Ele nos consagrou para rezar e cantar, celebrando sua glória.
- Ele nos enviou para vivermos na unidade e na fraternidade.

(No final, canta-se:)

Evangelizar, proclamando a Boa-Nova. Quero servir, dialogar, anunciar. Somos teu povo, Senhor, testemunhar teu amor é missão de cada um de nós. (Bis)

(não foi disponibilizado na internet material de ensaio. O nome da Música é "Missão" (de  L - Nino / M - Gabriely Colombo)



11. Canto das Oferendas

(Celebração da Palavra)
1 - Eu te ofereço o meu viver, o meu agir, meu pensamento. A minha força, minha fraqueza, eu fui chamado para a doação.
Neste ofertório renovarei o meu desejo de servir. Mesmo sabendo que nada sou eis-me Senhor, aqui estou!
2 - Minha alegria é ser presença, é ser sinal de esperança. Farei da vida a oblação que tu fizeste ao Pai por todos nós.


12- Canto das Oferendas

(Celebração Eucarística)
Não se deve dizer: nada posso ofertar; pois as mãos mais pobres é que mais se abrem para tudo dar.
1 - O Senhor só deseja que em nós tudo seja constante, servir quando nada se tem só resta dizer: Senhor, eis-me aqui!
2 - Com as mãos bem abertas, trazendo as ofertas do vinho e do pão, surge o nosso dever de tudo fazer com mais doação.
3 - Alegrias da vida momentos da lida eu posso ofertar, pois nas mãos do Senhor, um gesto de amor não se perderá.


13. Louvação

(Celebração da Palavra)

Quero cantar ao Senhor, sempre enquanto eu viver, hei de provar seu amor, seu valor e seu poder.
1 - Aleluia, eu vou louvar, ó minh’alma, bendize ao Senhor. Toda a vida eu vou tocar, a meu Deus vou cantar meu louvor!
2 - Faz justiça aos oprimidos, aos famintos sacia com pão. O Senhor liberta os cativos, abre os olhos e os cegos verão!
3 - Aleluia vamos cantar, glória ao Pai e ao Filho também, glória igual ao Espírito Santo. Aleluia, pra sempre. Amém.


14.Santo

Santo, Santo, Santo, / sois Vós, Senhor, nosso Deus.
1 – O Céu e a terra proclamam, / proclamam a vossa glória.
2 – Bendito o que vem, Bendito, / em nome do Senhor.
3 – Hosana, hosana, hosana, / hosana nas alturas!



15. Cordeiro de Deus

1 – Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, / tende piedade de nós!
2 – Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, / tende piedade de nós!
3 – Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, / dai-nos a paz!



16. Abraço da Paz

1 - A paz que tenho eu te dou, a paz que tenho vem do Amor de Deus. A paz que tenho eu te dou, a paz que vem do meu Senhor.
Shalom, te amo, meu irmão. Jesus é nossa união, a verdadeira paz. (bis)


19. Canto de Comunhão

1 - Não existe amor sem entrega, não existe amor sem a dor, é a herança que Cristo nos lega: sem amor nada tem valor.
O Senhor nos convida à mesa, a comer juntos do mesmo pão. Da Palavra, da fé, da esperança e repartir com nosso irmão.
2 - É feliz quem perdoa as ofensas quando dá nunca olha o dom, nem espera ganhar recompensa: sem amor nada tem valor.
3 - Quando ao triste arrancaste um sorriso teve fome e lhe deste o pão. É uma dor que tiraste do Cristo: sem amor nada tem valor.
4 - Poderás falar línguas estranhas poderás ganhar mundo sem fim, dominar junto a ti muita gente: sem amor nada tem valor.
5 - Quando vês o irmão que te chama e abre a mão esperando um favor, não pretenda fugir, tem presente: sem amor nada tem valor.


23. Canto Final

1 - Teu irmão à tua porta vem bater, não vais fechar teu coração; teu irmão a teu lado vem sofrer, vai logo socorrer.

Vai trabalhar pelo mundo afora: eu estarei até o fim contigo. Está na hora: o Senhor me chamou, Senhor, aqui estou.