domingo, 3 de janeiro de 2016

17-01-2016 - 2º DTC - BODAS DE CANÁ







BODAS DE CANÁ: JESUS REALIZA SEU PRIMEIRO SINAL:
TRANSFORMOU ÁGUA EM VINHO.

01.Acolhida

Seja bendito quem chega, seja bendito quem chega, trazendo paz, trazendo paz, trazendo a paz do Senhor.


2. Canto inicial
Toda a terra te adore, ó Senhor do Universo, os louvores do Teu nome cante o povo em seus versos!
1 - Venham todos, com alegria, aclamar nosso Senhor, caminhando ao seu encontro, proclamando seu louvor. Ele é o Rei dos reis e dos deuses o maior.
2 - Tudo é dele: abismos, montes, mar e terra ele formou. De joelhos adoremos este Deus que nos criou, pois nós somos seu rebanho e ele é nosso Pastor.
3 - Glória ao Pai que nos acolhe e a seu Filho Salvador. Igualmente, demos glória ao Espírito de amor. Hoje e sempre, eternamente, cantaremos seu louvor.



03. Rito de Perdão (rezado)
S: - Senhor, que sois a plenitude da verdade e da graça, tende piedade de nós.
Todos: Senhor, tende piedade de nós!
S - Cristo, que vos tornastes pobre para nos enriquecer, tende piedade de nós.
Todos: Cristo, tende piedade de nós!
S - Senhor, que viestes para fazer de nós o vosso povo santo, tende piedade de nós.
Todos: Senhor, tende piedade de nós!



04.Glória (Rezado)
Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós vos louvamos, nós vos bendizemos, nós vos adoramos, nós vos glorificamos, nós vos damos graças por vossa imensa glória. Senhor Jesus Cristo, Filho unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor, só vós, o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.



05.Apresentação do Livro da Palavra

Louvarei a Deus, seu nome bendirei! (bis)
Louvarei a Deus, sua Palavra nos conduz! (bis)


06.Salmo Responsorial (95)
Cantai ao Senhor Deus um canto novo, manifestai os seus prodígios entre os povos! (bis)
- Cantai ao Senhor Deus um canto novo, cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome!
- Dia após dia anunciai sua salvação, manifestai a sua glória entre as nações, e entre os povos do universo seus prodígios!
- Ó família das nações, dai ao Senhor, ó nações, dai ao Senhor poder e glória, dai-lhe a glória que é devida ao seu nome! Oferecei um sacrifício nos seus átrios.
- Adorai-o no esplendor da santidade, terra inteira, estremecei diante dele! Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!” pois os povos Ele julga com justiça.


07. Canto de Aclamação
Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia! (bis)
1 - No casamento de Caná, de água em vinho fez Jesus, manifestou-lhes a sua glória e seus discípulos creram na luz! (bis)



EM CELEBRAÇÃO DA PALAVRA

08. Apresentação dos Dons
(primeira parte, rezado)
Presidente - Onde houver ódio.
Todos - Que eu leve o amor.
P. - Onde houver ofensa.
T. Que eu leve o perdão.
P.- Onde houver dúvida.
T. Que eu leve a fé.
P. - Onde houver discórdia.
T. Que eu leve a união.
P. - Onde houver erro.
T. Que eu leve a verdade.
P. - Onde houver desespero.
T. Que eu leve a esperança.
P. - Onde houver tristeza.
T. Que eu leve a alegria.
P. - Onde houver trevas. T.
Que eu leve a luz.

Todos (cantando)
1 - Ó Mestre! Fazei que eu procure mais, consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido. Amar, que ser amado. Pois é dando que se recebe. É perdoando que se é perdoado. E é morrendo que se vive para a vida eterna.
Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz. (3x)



09. Canto das Oferendas
(Celebração da Palavra)
1 - Eu te ofereço o meu viver, o meu agir, meu pensamento. A minha força, minha fraqueza, eu fui chamado para a doação.
Neste ofertório renovarei o meu desejo de servir. Mesmo sabendo que nada sou eis-me Senhor, aqui estou!
2 - Quem me seguir terá que sofrer tomar a cruz e ser pregado. A cruz sem ti quem vai suportar? Porém contigo não é nada.
3 - Minha alegria é ser presença, é ser sinal de esperança. Farei da vida a oblação que tu fizeste ao Pai por todos nós.





EM CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

(Celebração Eucarística)
10. Canto das Oferendas
Não se deve dizer: nada posso ofertar; pois as mãos mais pobres é que mais se abrem para tudo dar.
1 - O Senhor só deseja que em nós tudo seja constante, servir quando nada se tem só resta dizer: Senhor, eis-me aqui!
2 - Com as mãos bem abertas, trazendo as ofertas do vinho e do pão, surge o nosso dever de tudo fazer com mais doação.
3 - Alegrias da vida momentos da lida eu posso ofertar, pois nas mãos do Senhor, um gesto de amor não se perderá.



11.Santo
Santo, Santo, Santo, / sois Vós, Senhor, nosso Deus.
1 – O Céu e a terra proclamam, / proclamam a vossa glória.
2 – Bendito o que vem, Bendito, / em nome do Senhor.
3 – Hosana, hosana, hosana, / hosana nas alturas!



12. Cordeiro de Deus
1 – Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, / tende piedade de nós!
2 – Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, / tende piedade de nós!
3 – Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, / dai-nos a paz!




EM CELEBRAÇÃO DA PALAVRA

13. Louvação
Presidente - Agradecidos, elevemos nossos louvores ao Pai. Com braço forte Ele conduziu seu povo e continua, com a luz de seu Espírito, a acompanhar a Igreja peregrina neste mundo.
Todos: Bendito e louvado seja Deus, Pai que tanto amor demonstra a todos nós.
- Nós vos damos graças, ó Pai, por toda Vossa criação e por tudo que fizestes no meio de nós.
Cantemos a cada invocação:

Todos: Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor.



14. Abraço da Paz

Paz, paz, paz, eu te desejo a paz e a luz. (bis)
Não do jeito do mundo, mas do jeito de Jesus. (bis)
Paz, paz, paz, eu te desejo a paz. Luz, luz, luz, eu te desejo a luz. (bis) Do jeito de Jesus.


15. Canto de Comunhão
1 - Não existe amor sem entrega, não existe amor sem a dor, é a herança que Cristo nos lega: sem amor nada tem valor.
O Senhor nos convida à mesa, a comer juntos do mesmo pão. Da Palavra, da fé, da esperança e repartir com nosso irmão.
2 - É feliz quem perdoa as ofensas quando dá nunca olha o dom, nem espera ganhar recompensa: sem amor nada tem valor.
3 - Quando ao triste arrancaste um sorriso teve fome e lhe deste o pão. É uma dor que tiraste do Cristo: sem amor nada tem valor.
4 - Poderás falar línguas estranhas poderás ganhar mundo sem fim, dominar junto a ti muita gente: sem amor nada tem valor.
5 - Quando vês o irmão que te chama e abre a mão esperando um favor, não pretenda fugir, tem presente: sem amor nada tem valor.


16. Canto Final
1 - Se caminhar é preciso, caminharemos unidos, e nossos pés, nossos braços, sustentarão nossos passos. Não mais seremos a massa, sem vez, sem voz, sem história, mas uma Igreja que vai em esperança solidária.

2 - Se caminhar é preciso, caminharemos unidos, e o Reino de Deus teremos como horizonte de vida. Compartiremos as dores, os sofrimentos e as penas, levando a força do amor em esperança solidária.