terça-feira, 28 de abril de 2015

17-05-2015 - A MENSAGEM - CANTOS E PARTITURAS



7º DOMINDO DA PÁSCOA
17/05/2015
SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR
"ESTAREI CONVOSCO TODOS OS DIAS, ATÉ OS FINS DOS TEMPOS."


ATENÇÃO! FOI CORRIGIDO, NESTA DATA (15-05-2015) O TEXTO DO EVANGELHO QUE HAVIA, POR LAPSO, SIDO POSTADO ERRONEAMENTE. PEDIMOS AOS NOSSOS LEITORES E PARCEIROS DESCULPAS E A COMPREENSÃO!


01-REFRÃO MEDITATIVO

O Senhor subiu ao céu, aleluia, aleluia!(3 vezes)



Onde reina amor, fraterno amor. Onde reina amor, Deus aí está.






02-CANTO INICIAL (1)

Aleluia! Batei palmas, povos todos! Cantai músicas alegres, aleluia! Aleluia! Deus é grande e poderoso, pois governa o mundo inteiro, aleluia!
1 - Nos mandou levar a todos a mensagem do amor. Ele fez uma aliança com o povo, que escolheu!
2 - O Senhor é vencedor, triunfante sobre o céu. Ele é Rei de toda a terra; cantai hinos de vitória!
3 - Deus domina o mundo inteiro, assentado no seu trono. Reuniu os povos todos: todos são povo de Deus!




CANTO INICIAL(2)
Novo dia surgiu e o povo que andava nas trevas viu uma intensa luz, teu clarão ,tua glória... a resplandecer, Novo povo a trilhar um caminho aberto por tuas mãos. Obra nova enfim já podemos ver, nova criação. Somos nos este povo alcançado por tua luz fruto da tua obra na cruz

(Refrão)
O Senhor nosso Deus que merece o louvor, todo nosso amor
É o Rei que venceu, ao Cordeiro a vitória, o poder, honra e glória (2x)
Ressuscitou, ressuscitou







03-INVOCAÇÃO DA SANTÍSSIMA TRINDADE
Todos: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo! Amém!
Pres.: Que a graça do Cristo, o amor de Deus Pai; O Espírito Santo com a gente amém.
Todos: Amém Aleluia, Amém Aleluia, Amém Aleluia, Amém.






04-CANTO DE PERDÃO
1 - Confesso a Deus, Pai todo-poderoso, e a vós, irmãos, confesso que pequei, por pensamentos, palavras, atos e omissões, por minha culpa, tão grande culpa. Piedade, Senhor, piedade, Senhor, piedade de nós!
2 - E peço à Virgem Maria, aos santos e anjos, e a vós, irmãos, eu peço que rogueis a Deus, que é Pai poderoso, para per#doar a minha culpa, tão grande culpa.


05-HINO DO GLÓRIA

Glória, glória, glória, aleluia! (bis) Glória, glória, glória, a Deus nos altos céus, paz na terra a todos nós!
1 - Deus e Pai nós vos louvamos (glória a Deus), adoramos, bendizemos (glória a Deus), damos glória ao vosso nome (glória a Deus), vossos dons agradecemos!
2 - Senhor nosso, Jesus Cristo (glória a Deus), unigênito do Pai (glória a Deus), vós de Deus, Cordeiro Santo (glória a Deus), nossas culpas perdoai!
3 - Vós que estais junto do Pai (aleluia), como nosso intercessor (aleluia). Acolhei nossos pedidos (aleluia), atendei nosso clamor.
4 - Vós somente sois o Santo (glória a Deus), o Altíssimo Senhor (glória a Deus). Com o Espírito Divino (aleluia), de Deus Pai no esplendor.





-LITURGIA DA PALAVRA 

06-APRESENTAÇÃO DO LIVRO DA PALAVRA
A Palavra de Deus é luz, que nos guia na escuridão: é semente de paz, de justiça e perdão! (bis)

07-PRIMEIRA LEITURA 1ª Leitura - At 1,1-11 
Jesus foi levado aos céus, à vista deles.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 1,1-11

No meu primeiro livro, ó Teófilo,já tratei de tudo o que Jesus fez e ensinou,
desde o começo, até ao dia em que foi levado para o céu, depois de ter dado instruções pelo Espírito Santo,aos apóstolos que tinha escolhido. Foi a eles que Jesus se mostrou vivo depois da sua paixão, com numerosas provas. Durante quarenta dias, apareceu-lhes falando do Reino de Deus. Durante uma refeição, deu-lhes esta ordem: 'Não vos afasteis de Jerusalém, mas esperai a realização da promessa do Pai, da qual vós me ouvistes falar: 'João batizou com água;
vós, porém, sereis batizados com o Espírito Santo, dentro de poucos dias`.'
Então os que estavam reunidos perguntaram a Jesus: 'Senhor, é agora que vais restaurar o Reino em Israel?' Jesus respondeu: 'Não vos cabe saber os tempos e os momentos que o Pai determinou com a sua própria autoridade. Mas recebereis o poder do Espírito Santo que descerá sobre vós, para serdes minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e na Samaria, e até os confins da terra.' Depois de dizer isto, Jesus foi levado ao céu, à vista deles. Uma nuvem o encobriu,de forma que seus olhos não mais podiam vê-lo. Os apóstolos continuavam olhando para o céu, enquanto Jesus subia. Apareceram então dois homens vestidos de branco, que lhes disseram: 'Homens da Galiléia, por que ficais aqui, parados, olhando para o céu? Esse Jesus que vos foi levado para o céu, virá do mesmo modo como o vistes partir para o céu.' 

08-SALMO RESPONSORIAL(46)

R. Por entre aclamações Deus se elevou, 
o Senhor subiu ao toque da trombeta.
Povos todos do universo, batei palmas,* 
gritai a Deus aclamações de alegria!
Porque sublime é o Senhor, o Deus Altíssimo,*
o soberano que domina toda a terra.R.

6Por entre aclamações Deus se elevou,*
o Senhor subiu ao toque da trombeta.
Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa,*
salmodiai ao som da harpa ao nosso Rei!R.

Porque Deus é o grande Rei de toda a terra,*
ao som da harpa acompanhai os seus louvores!
Deus reina sobre todas as nações,*
está sentado no seu trono glorioso.R.




09-SEGUNDA LEITURA 2ª Leitura - Ef 1,17-23

E o fez sentar-se à sua direita nos céus.
Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios 1,17-23

Irmãos: 
O Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai a quem pertence a glória, 
vos dê um espírito de sabedoria que vo-lo revele e faça verdadeiramente conhecer. Que ele abra o vosso coração à sua luz, para que saibais qual a esperança que o seu chamamento vos dá, qual a riqueza da glória que está na vossa herança com os santos, e que imenso poder ele exerceu em favor de nós que cremos, de acordo com a sua ação e força onipotente. Ele manifestou sua força em Cristo, quando o ressuscitou dos mortos e o fez sentar-se à sua direita nos céus, bem acima de toda a autoridade, poder, potência, soberania ou qualquer título que se possa mencionar não somente neste mundo, mas ainda no mundo futuro. Sim, ele pôs tudo sob os seus pés e fez dele, que está acima de tudo, a Cabeça da Igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que possui a plenitude universal


10-ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO 


ALELUIA,ALELUIA,ALELUIA!
Ide ao mundo, ensinai aos povos todos, convosco estarei todos os dias, até o fim dos tempos, diz Jesus
(Melodia a escolha)

Evangelho - Mc 16,15-20
+ Conclusão do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 16,15-20
Naquele tempo: Jesus se manifestou aos onze discípulos, e disse-lhes:
'Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. Os sinais que companharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados'. Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus.Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.
Palavra da Salvação.


11-RESPOSTA ÀS PRECES


Vossa Igreja vos pede ,ó Pai! Senhor ,nossa prece escutai!





12-CANTO DAS OFERENDAS 


1 - Venho, Senhor, oferecer com esse vinho e esse pão tudo o que existe em meu ser, tudo o que há em meu coração.
2 - Vejo agora em Teu altar, essa oferta de amor, quero também te consagrar toda a minha vida, Senhor!
3 - E quando este pão for levantado e junto com o vinho consagrado, também as minhas mãos a Ti levantarei... Entoarei louvores ao meu Rei!




CANTO DAS OFERENDAS(2)

Vidas que se ofertam neste altar 

Para novas vidas gerar 
Como o grão de trigo cai e morre para frutificar 
Dons que se consagram neste altar 
O Eterno vem o tempo tocar 
Sacrifício de amor que sempre se renovará 
Como no Altar da Cruz, o milagre da vida se fará 
Hoje nossa pobreza se encontra no altar 
Com a Tua grandeza, Senhor! 
Nossa vida perdida no vinho e no pão 
Eis a nossa oferta de amor!



Gravação Youtube para aprendizado: CLIQUE AQUI

13-SANTO 

Santo, santo, santo, Senhor Deus do universo! 
O céu e a terra proclamam a vossa glória ! 
Hosana nas alturas, hosana!(2x)
Bendito aquele que vem em nome do senhor (2x)Hosana...







14-ABRAÇO DA PAZ
Quero te dar a paz do meu Senhor com muito amor. (bis)
1 - Na flor vejo manifestar o poder da criação. Nos teus lábios eu vejo estar o sorriso de um irmão. Toda vez que te abraço e aperto a sua mão, sinto forte o poder do amor dentro do meu coração.





15-CORDEIRO DE DEUS 


Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo
Tende piedade,tende piedade,tende piedade ,piedade de nós! (2x)
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz ,dai-nos a paz,dai-nos a paz Senhor, a vossa paz!

(a escolha)


16-CANTO DE COMUNHÃO(1)
O Senhor subiu ao céu, aleluia, aleluia. (bis)

1 - Levanta-se Deus, cadê os inimigos?
Na sua presença perecem os iníquos!
São como fumaça que desaparece,
são cera no fogo, que logo derrete!

2 - Os justos se alegram diante de Deus

cantai ao Senhor, vibrai, filhos seus!
Abri o caminho ao grão-cavaleiro,
dançai diante dele, Senhor justiceiro.

3 - Dos órfãos é Pai, das viúvas juiz,

em sua morada só ele é quem diz:
quem estava sozinho, família encontrou,
quem estava oprimido, tua mão libertou!

4 - À frente do povo saíste, ó Deus,
os céus gotejaram, a terra tremeu;
na sua presença se abala o Sinai,
é Deus que avança, que avança e vai!

5 - Uma chuva abundante do céu derramaste
e a tua herança exausta saciaste;
fizeste em tua paz viver teu rebanho,
e os necessitados tiveram seu ganho.

Recuperação de fato histórico: o Arcebispo de Vitória, D. João Batista da Motta e Albuquerque exigia este hino na Missa da Crisma. O blogueiro foi crismado na década de 70 em cerimônia presidida por este Santo Pastor, do qual pedimos sua intercessão a Deus!!
CANTAR COM UNÇÃO !!! ESTA COMPOSIÇÃO NOS LEVA A CONTEMPLAÇÃO DE DEUS EM SUA GLÓRIA!!





CANTO DE COMUNHÃO (2)

1 - Todo aquele que comer do meu corpo que é doado, todo aquele que beber do meu sangue derramado, e crê nas minhas palavras que são plenas de vida, nunca mais sentirá fome e nem sede em sua lida.

Refrão: Eis que sou o pão da vida, eis que sou o pão do céu; faço-me vossa comida, eu sou mais que leite e mel.
2 - O meu Corpo e o meu Sangue são sublimes alimentos, do fraco indigente é vigor, do faminto é o sustento. Do aflito é consolo, do enfermo é a unção, do pequeno e excluído, rocha viva e proteção.
3 - Eu sou o Caminho, a Vida, a Água Viva e a Verdade, sou a Paz e a Luz, sou a própria liberdade. Sou a Palavra do Pai que entre vós habitou, para que vós habiteis na Trindade onde estou.
4 - Eu sou a Palavra Viva que sai da boca de Deus, sou a lâm#pada para guiar vossos passos, irmãos meus. Sou o rio, eu sou a ponte, sou a brisa que afaga, sou a água, sou a fonte, fogo que não se apaga.



17-CANTO FINAL
1 - Uma entre todas foi à escolhida: foste tu, Maria, serva pre#ferida, Mãe do meu Senhor, Mãe do meu Salvador. Maria, cheia de graça e consolo, venha caminhar com teu povo, nossa Mãe sempre serás! (bis)
2 - Roga pelos pecadores desta terra. Roga pelo povo que em teu Deus espera Mãe do meu Senhor, Mãe do meu Salvador.




Leituras da Semana
2a feira: At 19,1-8; Sl 67; Jo 16,29-33 
3a feira: At 20,17-27; Sl 67; Jo 17,1-11a
4a feira: At 20,28-38; Sl 67; Jo 17,11b-19
5a feira: At 22,30; 23,6-11; Sl 15; Jo 17,20-26
6a feira: At 25,13-21; Sl 102; Jo 21,15-19
Sábado: At 28,16-20.30-31; Sl 10; Jo 21,20-25
Domingo: At 2,1-11; Sl 103; Rm 8,8-17; Jo 20,19-23



REFLEXÃO



Maio, o mês de Maria



Por Francisco Fernández-Carvajal



Precisamos recorrer à Virgem sempre, mas especialmente no mês de Maio, mês desde há muitos séculos dedicado especialmente a Mãe de Deus.





I. A DEVOÇÃO À VIRGEM ATRAI A MISERICÓRDIA DIVINA.

“Mês de sol e de flores [...], mês de Maria, coroando o tempo pascal. O nosso pensamento vinha seguindo Jesus desde o Advento; agora que a paz, que é conseqüência da Ressurreição, reina no nosso coração, como não nos dirigirmos Àquela que no-lo trouxe?


“Apareceu sobre a terra para preparar a sua vinda; viveu à sua sombra, ao ponto de não a vermos no Evangelho senão como Mãe de Jesus, seguindo-o, velando por Ele; e quando Jesus nos deixa, Ela desaparece suavemente. Desaparece, mas fica na memória dos povos, porque lhe devemos Jesus...”1


Como em outras ocasiões, Jesus dirige-se à multidão e fala-lhe dos mistérios do Reino de Deus. As pessoas que o rodeiam têm os olhos fixos nEle e guardam um profundo silêncio. De repente, uma mulher grita com toda a força: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos que te amamentaram2.


Começa a cumprir-se a profecia contida no Magnificat: Eis que todas as gerações me proclamarão bem-aventurada3. Com o desembaraço da gente do povo, uma mulher dá início àquilo que não terminará até o fim do mundo. Essas palavras de Santa Maria, proferidas nos começos da sua vocação sob o impulso do Espírito Santo, teriam o seu total cumprimento através dos séculos: poetas, intelectuais, reis e guerreiros, artesãos, mães de família, homens e mulheres, gente de idade madura e meninos que acabaram de aprender a falar; no campo, na cidade, no cume dos montes, nas fábricas e nos caminhos; no meio da dor ou da alegria, em momentos transcendentais (quantos milhões de cristãos não entregaram a sua alma a Deus olhando para uma imagem da Virgem ou recitando com os lábios ou apenas em pensamento o doce nome de Maria!), ou simplesmente no dobrar de uma esquina da qual se vislumbrava uma imagem de Nossa Senhora; em tantas e tão diversas situações, milhares de vozes, em línguas diversíssimas, cantaram os seus louvores à Mãe de Deus.


É um clamor ininterrupto por toda a terra, que atrai todos os dias a misericórdia de Deus sobre o mundo, e que não se explica senão por um expresso querer divino. “Desde remotíssimos tempos – recorda o Concílio Vaticano II – a Bem-aventurada Virgem Maria é venerada sob o título de Mãe de Deus, sob cuja proteção os fiéis se refugiam súplices em todos os seus perigos e necessidades”4.


Todo o povo cristão soube sempre chegar a Deus através da sua Mãe. Com uma experiência constante das suas graças e favores, chamou-a Onipotência suplicante encontrou nEla o atalho que o levava mais depressa para Deus. O amor inventou numerosas formas de tratá-la e honrá-la e a Igreja fomentou e abençoou constantemente essas devoções como caminho seguro para chegar até o Senhor, “porque Maria é sempre caminho que conduz a Cristo. Todo o encontro com Ela não pode deixar de terminar num encontro com o próprio Cristo. E o que significa o contínuo recurso a Maria senão procurar entre os seus braços, nEla, por Ela e com Ela, a Cristo, Nosso Salvador?”5