quarta-feira, 30 de março de 2016

24-04-2016 5º Domingo da Páscoa





Ano C - 5º Domingo da Páscoa - cor branca ou dourada - 24/04/2016
EU VOS DOU UM NOVO MANDAMENTO:
AMAI-VOS UNS AOS OUTROS

01. Acolhida
O Senhor ressurgiu aleluia, aleluia! É o Cordeiro
pascal, aleluia, aleluia! Imolado por nós, aleluia,
aleluia! É o Cristo Senhor, Ele vive e venceu aleluia!
1 - O Cristo reuniu a seus irmãos, ao Pai os
conduziu por sua mão; no Espírito Santo unida
esteja, a família de Deus que é a Igreja!


02. Canto Inicial
O ressuscitado vive entre nós. Amém, aleluia.
1 - Não temais, irmãos, eu estive morto, mas
agora vivo, vivo para sempre!
2 - Não temais, irmãos, eu sou o primeiro, último
também, eu sou o vivente.
3 - Não temais, irmãos, tenho em mãos as chaves
que da morte foram, hoje são vitória.
4 - Não temais, irmãos, paz convosco seja, vós
sereis felizes, crendo sem ter visto.


03-Ato Penitencial (Rezado)


04-Glória
Glória a Deus, lá nos céus/ E paz aos seus. Amém!
1-Glória a Deus nos altos céus/ Paz na terra a seus amados/
A vos louvam, Rei celeste/ Os que foram libertados.
2- Deus Pai, nós vos louvamos/ Adoramos, bendizemos/
Damos glória ao vosso nome/ Vossos dons agradecemos.
3- Senhor nosso, Jesus Cristo/ Unigênito do Pai/
Vós, de Deus cordeiro Santo/ Nossas culpas perdoai!
4- Vós, que estais junto do Pai/ Como nosso intercessor/
Acolhei nossos pedidos/ Atendei nosso clamor!
5- Vós somente sois o Santo/ O Altíssimo, o Senhor/
Com o Espírito Divino/ De Deus Pai no esplendor!


05-Liturgia da Palavra
Dou graças ao Senhor porque Ele é bom, porque
eterno é seu amor. Sua Palavra me ensina e me
liberta, porque eterno é seu amor.



06. Salmo Responsorial (144)
Bendirei o vosso nome, ó meu Deus, meu Senhor
e meu Rei para sempre. (bis)
- Misericórdia e piedade é o Senhor, Ele é amor,
é paciência, é compaixão. O Senhor é muito bom
para com todos, sua ternura abraça toda criatura.
- Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem,
e os vossos santos com louvores vos bendigam!
Narrem a glória e o esplendor do vosso reino e
saibam proclamar vosso poder!
- Para espalhar vossos prodígios entre os homens
e o fulgor de vosso reino esplendoroso. O vosso
reino é um reino para sempre, vosso poder, de
geração em geração.


07. Canto de Aclamação
Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia. (bis)
1 - Eu vos dou novo preceito: que uns aos outros
vos ameis, como eu vos tenho amado.


08. Preces da Comunidade
Ó Senhor, escutai a nossa prece!


09. Apresentação dos Dons
Eu vos dou um novo mandamento: “que vos
ameis uns aos outros assim como eu vos amei”,
diz o Senhor.
1 - Os vossos mandamentos Vós nos destes, para
serem fielmente observados.


10. Canto das Oferendas
(Celebração da Palavra)
1 - Bendito sejas, ó Rei da glória! Ressuscitado
Senhor da Igreja! Aqui trazemos as nossas ofertas.
Vê com bons olhos nossas humildes ofertas,
tudo que temos, seja pra Ti, ó Senhor!
2 - Maior motivo de oferenda, pois, o Senhor
ressuscitou, para que todos tivessem vida.



11. Canto das Oferendas
(Celebração Eucarística)
As nossas ofertas de vinho e de pão celebram a
glória da ressurreição.
1 - O pão e o vinho são hoje memória do novo
Cordeiro na sua vitória, sinais da aliança da terra e
dos céus. No Corpo e no Sangue do Filho de Deus.
2 - Ao Pai ofertamos também nossa vida, o
chão que pisamos, a relva florida, os frutos da
terra, por nós cultivados se tornem o Corpo do
Ressuscitado.


12-Santo

13-Cordeiro (a escolha)

14. Louvação
1 - Te louvamos, Deus Pai de bondade, por nos dar,
sem reserva, este mundo e o amor, derramado e
fecundo! Aleluia! (bis)
2 - E nos deste o novo Cordeiro que, morrendo,
destruiu a morte, ressurgindo, mudou nossa sorte!
Aleluia! (bis)
3 - Foi por Ele que os filhos da luz renasceram
para a nova vida e a Páscoa, enfim, foi cumprida!
Aleluia! (bis)
4 - Imolado, o Cristo não morre; mas se cumpre,
por fim, a promessa: novo tempo, agora, começa!
Aleluia! (bis)
5 - Caminhando rumo ao novo Reino, em sinal
de reconciliação, proclamamos, do Pai, a oração!
Aleluia! (bis)


15. Canto de Comunhão (se houver)
1 - Vem meu povo ao banquete da vida, vem
provar o sabor deste pão partilhado no abraço
fraterno, na ternura de Deus comunhão. Vem que
a mesa já está preparada, vem trajando a veste
mais linda. Há irmãos esperando nas ruas, dize
a todos que aguardo tua vinda.
Nesta ceia, Senhor, partilhamos tua vida no
vinho e no pão. No fraterno convívio seremos
testemunhas da ressurreição.
2 - Vem meu povo ao banquete da vida entoar
solidária canção. Que aos pequenos e pobres da
terra seja força de libertação. Vem em nome de todos
os povos espoliados da própria nação. Nas antigas
e novas culturas vê pegadas de Deus neste chão.
3 - Vem meu povo ao banquete da vida! Vem, de
graça te dou minha paz. Aos que choram perdidos
no escuro o arco-íris no céu mostrarás. Vem
sentar-se à mesa entre amigos como povo a quem
dou liberdade sem temer a opressão denuncia o
poder que não quer igualdade.
4 - Vem meu povo ao banquete da vida, vem buscar
a coragem de amar. Se a defesa do Reino tomares,
com a vida terás que pagar. Vem já vai despontar
novo dia de ciranda e festa em geral. Já se avista a
terra sem males, milenar esperança pascal.


16. Canto Final
Eis que faço novas todas as coisas, que faço
novas todas as coisas, que faço novas todas as
coisas. (bis)
1 - É vida que brota da vida, é fruto que cresce
do amor. É vida que vence a morte, é vida que
vem do Senhor. (bis)